21.01.2016 | Aproveite o sabor irresistível do crepe

Escolha do recheio garante um prato saudável e saboroso

Com massa leve e uma lista sem fim de recheios , o crepe está conquistando paladares e cardápios por todo o Brasil. Restaurantes e lanchonetes já entraram na onda do prato que vem agradando cada vez mais o público adulto e infantil. Além de simples e prático, ele pode ser um aliado da dieta balanceada. "O crepe está em evidência e a variedade de sabores é o que mais agrada os fregueses. Sem contar que ele é uma ótima opção tanto para eventos mais formais quanto para um lanche de domingo", diz o proprietário do Buffet Labonne Crepe, Carlos Ronaldo Cardoso. 

Amigo do regime

Não precisa passar vontade. Dá para adaptar a receita do crepe ao seu programa alimentar facilmente. Existem diversas opções lights, recheadas com brócolis e palmito, por exemplo, que vão incrementar a mesa do almoço e do jantar e, de quebra, afastar o tédio da dieta. 

Para quem não quer extrapolar e ainda aproveitar um crepe magro e saudável, a dica da nutricionista chefe do MinhaVida, Roberta Stella, é para não abusar no recheio já que a massa não oferece grandes riscos para a balança. "Normalmente, o que mais oferece perigo são os queijos gordurosos (mussarela, catupiry), que carregam muitas calorias. Por isso, essas versões devem ser consumidas esporadicamente". 

Já os crepes doces, pedem um cuidado maior. "Eles devem ser evitados já que mesmos os que são à base de frutas ganham doses de açúcar e caldas que prejudicam a qualidade nutricional do alimento e, consequentemente, ameaçam o regime", explica a nutri. 

Garfada saudável

Para aproveitar os benefícios de uma alimentação balanceada, também é preciso pensar no acompanhamento do crepe. "Dependendo do recheio, é possível ter um crepe com menor quantidade de gorduras e de calorias, além de ser mais rico em nutrientes. Dar preferência para crepes com recheio de carnes magras, como frango e peito de peru, é uma boa atitude" explica. "Como crepes com legumes e verduras são raros, o ideal é consumir o crepe com uma salada". 

Combinando com a bebida

De acordo com o especialista Carlos Ronaldo Cardoso, é possível combinar o prato com diversos tipos de bebidas, basta ficar atento a ocasião. "O vinho é uma ótima combinação para um evento formal e, realmente, dá um toque especial ao sabor do prato. Mas, no caso das crianças, pode ser tranquilamente combinado com um copo de suco ou refrigerante. O crepe cai bem até mesmo com uma cerveja nos eventos mais informais, como um lanche no final de semana", explica.  

Fonte:Minhavida


15.01.2016 | Descubra quais são os alimentos que mais combiam com seu signo

Além de manter uma dieta balanceada, você descobre qual o alimento que mais se adéqua ao seu signo! 

Comer bem não significa apenas comer saladas e vegetais. Ter uma dieta balanceada que inclua todos os tipos de alimentos presentes na pirâmide alimentar pode trazer benéficos que se estendem durante toda a vida. 

Com os mais diversos sabores exóticos e temperos nunca antes provados, a gastronomia torna-se quase uma arte onde você pode dar uma volta ao mundo e provocar os mais diferentes sentidos com apenas uma colherada. Pensando nisso, o Guia da Semana selecionou para você os alimentos e pratos que mais combinam com cada um dos signos do zodíaco. Confira!

ÁRIES

Arianos são naturalmente aventureiros – até mesmo quando se trata de experiências gastronômicas. Comidas e pratos exóticos são encarados com facilidade, com uma tendência a gostar de pratos mais apimentados e bem crocantes.

Combinam com: Porção de cebola frita com molho de mostarda.

TOURO

Taurinos gostam de alimentos que sejam bem saborosos e que sejam capazes de satisfazer a fome deles, preferindo aqueles que são mais tradicionais e sem muitas inovações em suas receitas.

Combinam com: Camarão na moranga

GÊMEOS

Aptos a sempre provar diferentes sabores, os geminianos não se prendem a apenas um tipo de alimento. Preferem comidas mais práticas e tendem a amar fast food, mas são adaptáveis a outros tipos de comida.

Combinam com: Pizza de Marguerita

CÂNCER

Cancerianos não fazem muita questão de pratos que contenham ingredientes desconhecidos ou exóticos. Preferem as massas como macarrão e pão – assim como frutos do mar, que figuram entre os pratos prediletos deste signo.

Combinam com: Temaki

LEÃO

Leoninos são simplesmente apaixonados por comida, seja na hora de comer ou na hora de cozinhar. Gostam de pratos preparados com ingredientes mais finos e vegetais frescos, para preservar o sabor e a sensação de se degustar um novo prato.

Combinam com: Salada Caesar

VIRGEM

Virginianos gostam de comida saudável e que tenha um gosto bom. Preferem o equilíbrio ao exagero quando se trata do que vão comer, preferindo pratos cuidadosamente preparados com ingredientes selecionados.

Combinam com: Caldos e sopas cremosas

LIBRA

Preferem comidas que não os faça perder muito tempo – seja no preparo ou na hora de comer. Com uma tendência a amar fast food, librianos gostam de explorar sabores e temperos que não façam parte da sua rotina habitual.

Combinam com: Burritos 

ESCORPIÃO

Se você quer agradar um escorpiano na cozinha, sirva para eles um prato bem caprichado nos temperos picantes, que contenham pimenta vermelha. Pratos que os façam sentir difentes sensações são sempre bem vindos.

Combinam com: Carnes temperadas com Curry

SAGITÁRIO

Sagitarianos são capazes de viajar pelo mundo apenas para conhecer os sabores típicos de cada país. Gostam do inesperado, da reviravolta e da mistura inédita dos sabores que já conhecem e estão acostumados.

Combinam com: Batata suíça

CAPRICÓRNIO

Com um gosto mais simples, capricornianos preferem pratos saborosos e que sejam, ao mesmo tempo, saudáveis. Com pratos coloridos e com diferentes alimentos da pirâmide alimentar, tendem a ser o signo mais saudável do zodíaco.

Combinam com: Arroz, feijão, bife e batata frita

 AQUÁRIO

Aquarianos não são muito aventureiros na cozinha, sem ousar muito nos sabores exóticos. No entanto, são bons cozinheiros dos pratos mais simples, acertando o ponto até dos pratos um pouco mais complicados de preparar. Preferem pratos que podem ser “construídos” de acordo com o gosto individual de cada um.

Combinam com: Crepe

PEIXES

Piscianos tendem a gostar de frutas, observando também suas cores e aromas. Gostam de sabores diversos em um mesmo prato mas que, de uma forma única, combinam e dão origem a algo saboroso.

Combinam com: Feijoada

 

Fonte:Guiadasemana

07.01.2016 | Tapioca: a grande aliada da dieta

No Creps é possível montar os pratos conforme sua dieta permite. Olha só essa matéria que fala dos benefícios e combinações da tapioca:

Tapioca

De Pero Vaz de Caminha - que escreveu em uma das cartas enviadas ao rei de Portugal: "Faz-se por aqui umas broas chamadas beijus tão alvas e saborosas que superam e muito o pão desse reino" - às musas fitness, a tapioca, ou beiju, faz sucesso há mais de 500 anos. Essa fécula, tão comum nos cardápios das regiões Norte e Nordeste, pode ser extraída da mandioca, da macaxeira ou do aipim. "Muitos pensam que são a mesma raiz, apenas com nomenclatura diversa, mas há diferenças sutis entre elas, são raízes primas", esclarece Joselito da Silva Motta, pesquisador da Embrapa de Cruz das Almas, (BA). Da produção da farinha - feita com a raiz triturada e prensada -, escorre um líquido leitoso que depois de decantar dá origem à fécula úmida - puro carboidrato, matéria-prima para beijus. Seu valor nutricional é pobre, mas não se pode dizer o mesmo da sua versatilidade no campo gastronômico.

Parece incoerência, portanto, falar que um alimento sem fibras, proteínas e com alto valor glicêmico ajuda na dieta. Mas é isso mesmo, acredite! A tapioca entra no cardápio no lugar do pão e com vantagens sobre ele. A nutricionista baiana Eneida Bomfim explica: "Diferentemente do pão e do biscoito, a tapioca é uma alimento feito com um único ingrediente, a fécula de mandioca. Ela não contém gordura, glúten, sódio e não necessita de óleo no preparo". Já o pão tem vários componentes na massa, o que aumenta valor calórico, além de ser contraindicado aos portadores de doença celíaca, que apresentam intolerância ao glúten, proteína presente no trigo, cevada, centeio e aveia.

"A tapioca parece até um alimento criado por nutricionistas", brinca Eneida. Ela diz, inclusive, que a mandioca poderia ser considerada um alimento funcional: "Essa raiz tem a importante propriedade de ser neutra, o que ajuda a estabilizar o pH do corpo. Por isso, é usada em dietas alcalinas, auxiliando no tratamento da acidez do intestino e melhorando sua flora". A nutricionista recomenda que se coma de uma ou duas tapiocas por dia, sempre em substituição ao pão. A preparada com duas colheres de sopa da fécula tem 70 calorias.


Versatilidade máxima 

Não à toa, o Padre Anchieta referiu-se à tapioca como o "pão dos trópicos". Estava certo. A tapioca, por ser um alimento neutro - sem cheiro, sabor ou acidez - aceita todo tipo de recheio. "Fuja dos mais calóricos. É importante evitar muito azeite, manteiga, leite condensado, doces e carnes gordas. Escolha queijos magros, folhas, tomate, manjericão, por exemplo. O segredo do sucesso da tapioca na dieta está no recheio", diz Eneida. A nutricionista destaca ainda que a massa pode ser consumida até pura, simplesmente torradinha e molhada no café, como muito comumente fazem os nordestinos.

O fato é que os recheios agregam nutrientes à tapioca. "Para compensar a falta de fibra, por exemplo, deve-se optar por vegetais crus", sugere Eneida. E o importante de acrescentar fibras é reduzir o valor glicêmico da iguaria. Os à base de queijos e carnes introduzem proteínas. Vitaminas e sais minerais entram na tapioca por meio de frutas e legumes - que também podem ser misturadas na massa. "No lugar da água, pode-se umedecer a goma com suco de fruta, legumes ou folhas coadas para dar cor, sabor e nutrientes", ensina Joselito.

Fonte:Mdemulher

 

21.08.2015 | Compreendendo a nutrição funcional

O maior acesso à pesquisas e estudos trouxe novas reflexões sobre como podemos melhorar a nossa alimentação. Hoje não debatemos apenas questões mais comuns como percentual de gordura, calorias ou vitaminas de cada refeição, mas também passamos a discutir novas tendências, entre elas, a nutrição funcional. Em um resumo mais simplista, este conceito pode ser analisado como uma importante adaptação dos nutrientes de cada alimento às necessidades individuais, trazendo mais benefícios para a saúde do que dietas padronizadas e previamente estabelecidas.

Para tanto, o cardápio da nutrição funcional demanda por alimentos que cumpram bem essas funções, produzindo efeitos positivos e agindo para prevenir algumas doenças considerando as características daquele organismo. Na lista dos itens mais conhecidos estão os cereais integrais, que podem ajudar na saúde intestinal e controle do colesterol, e a soja, combatendo o risco de doenças cardiovasculares.

Os exemplos não param aí. Frutas vermelhas, chá verde e aveia são alguns entre tantos outros alimentos populares e considerados funcionais, tornando uma dieta personalizada algo possível e nada distante da realidade, como podem pensar alguns. Mas apesar das informações disponíveis sobre cada um deles, ainda é recomendável consultar um nutricionista que consiga preparar um menu específico para as suas necessidades, obtendo assim melhores resultados. Depois, é só passar no Creps, consultar as opções do nosso cardápio e montar um crepe saboroso e funcional. Do seu jeito.

05.08.2015 | A versatilidade do frango na alimentação

Uma carne cheia de proteínas e com baixa quantidade de gorduras saturadas. É difícil achar alguém que não goste da carne de frango, um ingrediente versátil e de grande valor nutricional. Afinal, o frango consegue unir sabor, praticidade e saúde: é fonte de vitaminas do complexo b, ferro e fósforo.

Para quem procura uma refeição leve, o frango grelhado é a pedida. Aos que estão na academia, o frango e suas propriedades são aliados no desenvolvimento dos músculos. E mesmo se o objetivo for apenas variar o cardápio, os diversos modos de preparo tornam o frango base para muitas receitas.

A simples mudança da carne vermelha para o frango tem outras vantagens, como a redução de gorduras e do colesterol ruim, e também leva a uma melhor digestão. Incluí-lo na rotina deixa a sua dieta mais saudável.

Se todos os motivos ainda não são suficientes para você aumentar a quantidade de frango na sua alimentação, aí vai mais um: é delicioso! E no Creps você adiciona frango ao seu crepe e combina com os ingredientes que você preferir. Do seu jeito.